As principais causas desse desequilíbrio ambiental são:

  • a caça e a pesca predatória
  • a poluição do solo, do ar e da água
  • as alterações climáticas
  • o tráfico de animais
  • a perda ou fragmentação dos habitats

Constantemente atualizada, a lista de animais em extinção no Brasil é uma tarefa realizada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Pesquisas apontam que a lista está aumentando a cada ano, o que reflete uma triste realidade, visto que a Floresta Amazônica possui uma função ambiental muito importante.

Floresta Amazônica

A Floresta Amazônica ou simplesmente Amazônia, chamada vulgarmente de “pulmão do mundo”, está localizada na América do Sul, no território de nove países.

Ocupa cerca de 8 mil quilômetros quadrados, sendo a maior parte pertencente ao território brasileiro, localizada nos estados do Amazonas, Amapá, Acre, Pará e Roraima.

Apresenta grande parte de espécies vegetais e animais, sendo considerada a maior floresta tropical do mundo e que apresenta maior biodiversidade.

Entretanto, toda sua beleza natural está sendo ameaçada com o progresso e a ambição. Com o passar dos anos, o local está sofrendo com a expansão das fronteiras agrícolas e pecuárias, o aumento das queimadas, desmatamento e a caça e a pesca ilegais.

Todos esses fatores levam à desestruturação ambiental com alterações climáticas e a perda de sua biodiversidade.

A cobiça humana chegou a tal ponto que o contrabando de animais silvestres tornou-se um negócio muito lucrativo.

A partir disso, espécies de plantas e animais que compõem a floresta estão, ao logo dos anos, desaparecendo. Esse fato esboça um panorama futuro deveras desastroso.

Para tanto, muito projetos estão aliados à essa causa, desde as leis que incriminam empresas madeireiras e contrabandistas, até à fiscalização.

Um grande problema está relacionado à dimensão territorial do bioma da Amazônia, o que inviabiliza a eficácia da fiscalização pelos órgãos responsáveis.

Algumas Plantas em Extinção na Amazônia

Na Amazônia há aproximadamente 20 mil espécies de vegetais, sendo que muitas delas também estão ameaçadas de extinção.

Cerca de 80 espécies da flora na Amazônia estão ameaçadas de extinção e suas principais causas são: o contrabando e extração inadequada.

Segundo a “Lista Oficial de Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção” do Ministério do Meio Ambiente, algumas plantas em extinção na Amazônia são:

  • Xaxim
  • Andiroba
  • Pau Rosa
  • Mogno
  • Cravo-do-Maranhão
  • Castanheira
  • Flor de Carajás
  • Cumaru-de-cheiro